quinta-feira, 18 de setembro de 2014

Graças a Deus

Árvore boa dá bons frutos (Lucas 6, 43-49) “Não existe árvore boa que dê frutos ruins, nem árvore ruim que dê frutos bons; porque toda árvore é conhecida pelos seus frutos. Não se colhem figos de espinheiros, nem se apanham uvas de plantas espinhosas. O homem bom tira coisas boas do bom tesouro do seu coração, mas o homem mau tira do seu mal coisas mas, porque a boca fala daquilo de que o coração está cheio.” “Por que vocês me chamam: ‘Senhor! Senhor!’, e não fazem o que eu digo? Vou mostrar a vocês com quem se parece todo aquele que ouve as minhas palavras e as põe em prática. É semelhante a um homem que construiu uma casa: cavou fundo e colocou o alicerce sobre a rocha. Veio a enchente, a enxurrada bateu contra a casa, mas não conseguiu derrubá-la, porque estava bem construída. Aquele que ouve e não põe em prática, é semelhante a um homem que construiu uma casa sobre a terra, sem alicerse, a enxurrada bateu contra a casa, e ela imediatamente desabou; e foi grande a ruína dessa casa.” Jesus utiliza neste texto duas comparações: a da árvore que produz bons frutos e da que não dá bons frutos, a casa com bom alicerce e a sem alicerce. Em ambos os casos o Mestre quer dizer que não basta ouvir a Palavra. É preciso praticá-la. Não basta orar, é preciso viver. Com estas duas comparações Jesus diz como é importante a interioridade e a necessidade de traduzir o que se ouve e medita em atitudes ou conduta de vida. Minha vida reflete o que o texto diz ou há contradições? O meu Projeto de vida é o do Mestre Jesus Cristo? Vinde Senhor em nosso auxílio, para viver a Tua Palavra. Amém. Shirley Oliveira, membro do pré-CVX Cardonerr.